meditacao11

“Eu não sou eu, eu sou alguém que está na minha essência. Que permanece em silêncio quando estou falando. Que perdoa e esquece quando estou irado, esbravejando. Que segue sereno quando estou aflito, sofrendo. E que estará de pé quando eu estiver morrendo”

(Jimenez – poeta espanhol)

Quando li esse pensamento pela primeira vez ele me tocou profundamente. O autor o escreveu após passar por uma crise de “noite escura da alma”, por um período de forte depressão na sua vida. Após ele sorver todo o vinho do seu cálice, ou seja, chegar ao fundo do poço, ele retornou renovado e confiante na realidade da sua essência divina. Você consegue se imaginar calmo e sereno, quando está nervoso, irado? Pois é, quem se sente assim, é o nosso ego que quer ser o soberano em nossa psique. Já o nosso Deus interno, o Self, este sim, é que é calmo, tranquilo. E é nesses momentos que temos que buscar o contato com o nosso Self.

O nome do Blog Cantinho da Luz se refere a essa essência de LUZ DIVINA que cada um de nós tem encravada no íntimo do nosso ser, num cantinho dentro de nós essa luz brilha e ela é perfeição, apesar de ainda não sabermos, valorizamos mais o nosso lado sombra do que a nossa essência de luz. É justamente essa centelha de luz que nos faz semelhante a Deus, e é através dela que fazemos nossa ligação com Deus, com o sagrado, o divino.

*Post relacionado:

- A viagem

- Tua luz brilha

Cantinho da Luz
luz2